Translate

Pesquise no blog

12 de abr de 2017

BANHO DE FLORESTA E OS MOTIVOS PARA INTEGRÁ-LO A SUA ROTINA


Basta uma pequena caminhada em meio à natureza para se ter certeza do bem estar que ela nos traz, ao ponto que muitas vezes temos a impressão de que andar entre árvores, plantas e animais pode melhorar até mesmo nossa saúde. 

Pois estudos comprovam que não se trata de mera impressão: o contato com a natureza de fato faz bem à saúde.

Não é por acaso que no Japão foi desenvolvido o shinrin-yoku, um “banho de floresta” que pode nos trazer benefícios físicos e mentais.

Desenvolvido no início dos anos 1980, o banho de floresta pode ser praticado de diversas maneiras, sempre, no entanto, rodeado pela natureza e entrando em contato com o estado que a floresta nos traz.

Pode-se simplesmente caminhar sem rumo ou pressa, se sentar e observar as nuances e detalhes das plantas e árvores de forma geral (respirando profundamente o bom ar limpo que a floresta oferece), tudo em um certo tom de meditação.

Tocar as plantas, sentir as diferentes texturas, ouvir os sons, perceber os aromas – tudo isso faz parte do banho.

Tal prática pode ser realizada dentro das cidades, em parques ou nos jardins botânicos, contanto que o usuário permita-se mudar sua velocidade, sua ansiedade, e busque expandir o olhar e as sensações em comunhão com a natureza. 



Recomenda-se praticar o shinrin-yoku sozinho, e sem estar em posse de qualquer equipamento eletrônico.

Estudos realizados desde o início das práticas comprovam que os “banhos” diminuem o cortisol (hormônio causador do estresse), reduzem a pressão arterial, melhoram a concentração, a imunidade, fortalecem o metabolismo e elevam o bem-estar emocional.

A ideia do banho não se dá, no entanto. somente pelo benefício direto de nossa saúde, mas também para aumentar nosso contato com a natureza, e a conscientização da importância de tal relação.

No mais, o simples fato de se poder tirar umas férias da floresta de concreto das cidades grandes, e do ritmo inclemente da vida moderna, mesmo que somente por uma tarde, já é o suficiente para melhorar nossa saúde.

Cientistas japoneses afirmam que 'banho de floresta' combate doenças

Resultado de imagem para shinrin-yoku CURSOJapão certifica florestas como local de tratamento. 

A ideia é usar a medicina preventiva para reduzir gastos do sistema público de saúde.

Os cientistas defendem a ideia de que mesmo em uma sociedade moderna, em uma cidade grande, o nosso instinto ainda é o de viver em um estado mais natural.

Sem isso, as pessoas sofrem! Estamos sempre prontos para reagir a um perigo que pode surgir a qualquer instante. Ficamos estressados e o nosso organismo fica vulnerável.

No Japão, não é mistério para ninguém - se você busca ar puro, tranquilidade, silêncio, não tem caminho mais lógico a seguir do que a natureza.

O que todos nós já ouvimos falar, está sendo confirmado pela ciência: um passeio em um lugar com bastante natureza pode servir de remédio contra várias doenças.

É a base da chamada medicina preventiva. E o Japão é um dos lugares onde mais se estuda a relação entre saúde e natureza.

A universidade de Chiba, que fica perto de Tóquio, é o centro desta investigação. A pesquisa dos chamados fitocidas - os aromas dos óleos essenciais das plantas e das árvores das florestas - e acabou chegando no laboratório do professor Yoshifumi Miyazaki.

Pesquisadores medem a pressão arterial e as atividades cerebrais no momento em que se respira um ar comum e repetem a experiência medindo a pressão arterial e a atividade cerebral, enquanto se respira o ar com o aroma da floresta e da árvore do Japão.

Após a segunda medição eles fazem a comparação se houve um relaxamento e se houve uma mudança nas funções.

Quando a pessoa que participa desse tipo de experiência fecha os olhos, o fitocida começa a ser liberado - é um aroma leve, bem suave. Do cipreste de Taiwan. E dois minutos depois acaba a experiência.

O relaxamento que ocorre no momento em que o fitocida começa a ser liberado, fica muito claro nos gráficos.

Qualquer perfume não pode provocar o mesmo efeito?  Não, Cheiros fortes não são bem aceitos. É preciso que o aroma seja sutil e natural.

Quando mergulhamos em uma floresta, nosso corpo, segundo os pesquisadores, se aproxima de um estado de bem estar que nos deixa mais resistentes.

A natureza é um estímulo aos sentidos: o visual, os sons, o sabor de uma fruta, estar em contato tão próximo com a natureza - isso faz um bem danado e todo mundo sabe.

Agora, a explicação científica para tantos benefícios estaria no olfato, nos cheiros que sentimos aqui.

Os pesquisadores da universidade de Chiba já realizaram mais de 50 estudos sobre os fitocidas, envolvendo cerca de 600 voluntários.

Kenji Hashimoto é um dos voluntários da pesquisa. Tem 44 anos e sofre de hipertensão arterial moderada. Hashimoto repetiu uma etapa do estudo que já foi feita igualzinha na cidade.

Primeiro o voluntário da pesquisa observa o ambiente durante 20 minutos. Depois, caminha pela floresta, mais 20 minutos, e novamente observa a natureza por outros 20 minutos. Sempre monitorado. A resposta do organismo à terapia das florestas é surpreendente.

Conheça alguns números:

- Uma redução de 16% do hormônio do stress
- De 2% na pressão arterial
- De 4% na frequência cardíaca
- E um aumento de mais de 100% das atividades do sistema nervoso parassimpático - que mede o nível de relaxamento

“Sempre gostei de escalar montanhas e de pescar. Agora, depois de participar desse estudo, meu hobby também terá outro significado”, diz Kenji Hashimoto, voluntário da pesquisa.

O professor Miyazaki diz que o efeito de um bom passeio na floresta ou na montanha sobre o sistema imunológico pode durar até um mês.



Segundo os cientistas, o banho de floresta aumenta o número de células NK - as Natural Killers. Como o nome em inglês já diz, são as células exterminadoras, que surgem na medula óssea e combatem infecções e tumores.

A sabedoria japonesa, por sua vez, nunca precisou de toda essa comprovação científica. O país pode ser pequeno. Mas é quase todo coberto por florestas. 

Akasawa, por exemplo, foi a primeira reserva florestal do país. Instituída no século XVI, foi também a primeira a receber o selo de floresta certificada para tratamento.

A certificação de uma floresta como local de tratamento passa pela beleza do lugar, pelas árvores, mas também pela estrutura que oferece para receber bem os visitantes. A ideia é usar a medicina preventiva para reduzir os gastos do sistema público de saúde.

Se depender dos próprios japoneses, não será preciso de nenhuma campanha especial. As florestas vivem cheias! É um hábito por lá.

Um casal entrevistado já visitou muitas florestas:

Senhor: Eu gosto de ouvir o canto dos passarinhos.
Senhora: Eu prefiro os lugares com água por causa do barulhinho e de onde se vê as montanhas.
Senhor: Para mim, um passeio na floresta ajuda a limpar o corpo!
Senhora: Eu moro num lugar cercado de verde, mas adoro vir até a floresta - acho que faz bem para a alma!

Fonte: http://portal-da-consciencia.blogspot.com.br/

https://despertardegaia.blogspot.com

...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou do post ? Comente !

O visitante tem liberdade para se expressar sobre os temas ou assuntos publicados neste Blog, porém não serão aceitos:

1. Comentários considerados difamatórios e ofensivos, contendo linguagem imprópria e deselegante;

2. Comentários que, por sua publicação repetitiva, tenham a intenção de “boicotar” o tema em foco;

3. Comentários referentes a artigos reproduzidos de outras fontes e direcionados aos autores, bem como não serão reencaminhados à fonte original, sempre citada no blog.

4. Comentários contendo Links promocionais de sites ou blogs. E-mails pessoais, telefones de contato.

5. Comentários Anônimos.

Tentarei responder seu comentário mediante disponibilidade de tempo.

Obrigado ! Paz e Luz em Gaia

...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

♥ Postagens Recentes

♥ Postagens Populares

Comentários Recentes


X Files - Maravilhoso e Atemporal - Assista, clique:

Alienígenas do Passado - Todas Temporadas Assista, clique: