Translate

Pesquise no blog

12 de set de 2013

A INFLUÊNCIA DO PLANO ASTRAL NA CANALIZAÇÃO



Por Gerrit Gielen

O QUE É O PLANO ASTRAL? COMO ELE SURGIU?

Ao morrer, você fica livre; livre para voltar ao seu plano espiritual de origem; livre para criar sua própria realidade. Mas essa liberdade pode ser uma armadilha. Muitas pessoas não são livres no nível interno. Elas se trancaram em crenças firmes sobre o bem e o mal, sobre a vida, a morte e vida após a morte. Outras não estão tão presas a certas crenças, mas a emoções e desejos, tais como vícios, raiva, sentimentos de inferioridade.

O plano astral, entre outras coisas, é a criação conjunta de todas essas pessoas. É um plano social de existência, no qual todas as formas-pensamento de medo, ilusão e desejo tomam forma diretamente. Por exemplo, se você tem muitos pensamentos sombrios, poderá se encontrar numa paisagem árida e cinza.

Esta paisagem reflete seu estado interior. As pessoas ficam no plano astral até que o chamado de suas almas se torne tão forte que elas liberem suas ilusões e se elevem ao plano espiritual, ou – se isto não for possível – até que durmam e encarnem novamente.


Por exemplo, quando alguém acredita que chegará numa “cidade dourada” logo após sua morte, onde as pessoas passeiam exultando e louvando a Deus, então é lá que ele chegará junto com outros que também acreditam nisso.

No começo, ficam muito contentes ali; pensam que estão no Céu. Mas, a vida acaba ficando aborrecida e monótona; e a “cidade dourada” se torna uma prisão.

Através dessa experiência, abre-se um espaço interior, no qual a voz da alma, a voz da verdade, é ouvida novamente. Gradualmente, ocorre um despertar, e a ilusão astral da “cidade dourada” é liberada.

O plano astral está cheio de “Céus” de pessoas de convicção fundamentalista. Quanto mais fortes são suas convicções, mais tempo leva para que elas ouçam o chamado de suas almas. Mas não só “Céus” são encontrados no plano astral; algumas pessoas criam uma espécie de “inferno” para si mesmas.

Um indivíduo que sofra de forte complexo de inferioridade pode encontrar-se num local vazio e solitário, que reflita seus sentimentos internos. Neste caso também, pode levar bastante tempo para essa pessoa permitir que sua Luz interior venha à tona.

Em resumo, o plano astral é um lugar de reunião de todos que ainda não estão abertos à voz da alma. Como suas convicções não estão fundamentadas na sabedoria de suas almas, eles criam sua própria prisão baseada em suas convicções.

COMO O PLANO ASTRAL INFLUENCIA OS MÉDIUNS E CANALIZADORES?

Há duas maneiras:

1. O CICLO DO MEDO

O plano astral é parcialmente formado por nós – os vivos – especialmente por nossas emoções fortes, como raiva e medo. Como plano, o astral está perto do plano terreno, no sentido de que a maioria dos medos e preconceitos humanos que prevalecem lá corresponde aos medos e preconceitos que existem na Terra, na consciência coletiva da humanidade.

Por exemplo, quando as pessoas na Terra estão com medo de catástrofes naturais, todo tipo de imagens de catástrofes naturais surge nas regiões inferiores do plano astral.

Estas imagens do juízo final podem ser captadas por pessoas paranormais e sensitivas, que as interpretam como imagens do futuro e as apresentam como verdades superiores aos seus ouvintes.

Além disso, vagando pelas regiões inferiores do plano astral, há todo tipo de entidade que não consegue se desapegar da Terra. Algumas delas gostam de provocar a transmissão de visões de medo, porque isto faz com que se sintam importantes. Geralmente são mortos que não conseguem se desligar da Terra, aqueles cuja consciência ainda está totalmente focalizada na Terra, e que dão muita importância ao reconhecimento e atenção de seres humanos.

Eles precisam do contato com pessoas, e se elas começam a vê-los como mensageiros de verdades superiores, alguns deles acham isso totalmente fantástico! E declararão qualquer coisa que reforce o status de mensageiro importante. Assim, um ciclo de medo é criado.

Devido a esse ciclo de medo, alimentado por forças humanas e astrais, pode acontecer – e de fato acontece – de pessoas se reunirem ao redor de um guru, acreditando que ele realmente canaliza conhecimento superior, sendo que, na verdade, ele está apenas confirmando as próprias visões dessas pessoas, enquanto as apresenta como transmissões superiores. Muitas previsões sobre 2012, especialmente aquelas que falam de catástrofes, podem ser explicadas desta maneira.

2. GURUS DO ASTRAL

O desenvolvimento espiritual da humanidade fará com que o plano astral acabe desaparecendo. Uma vez que o ser humano se sintonize com sua alma, com sua verdade interior e ouça seu coração em vez do seu ego, o plano astral deixará de ser alimentado. O plano astral prospera com base em ilusões e emoções inferiores; a verdade e o amor significarão seu fim.


Entretanto, atualmente existem entidades no plano astral que moram lá há muito tempo e construíram uma posição especial. Num “Céu” fundamentalista (pensem na “cidade dourada” mencionada anteriormente), geralmente há um único líder, um guru autoproclamado, que se enxerga como a voz da verdade. Essa pessoa obtém todo seu status da sua posição especial no plano astral.

Durante séculos, essa pessoa pode ter adotado a postura de uma personalidade religiosa famosa, como Cristo, por exemplo. Pode inclusive ter se convencido de que é o Cristo. É lógico que isto será confirmado pelos seus seguidores, que acreditam que, no seu Céu fundamentalista, eles devem estar perto do Cristo.

Naturalmente, este guru do astral acha que se lembra de tudo o que se refere à vida de Cristo. Em cada Céu fundamentalista – e existem muitos! - há sempre um Cristo como esse perambulando por ali. Isto explica, por exemplo, por que existe tanta informação canalizada conflitante sobre a vida de Cristo.

Entretanto, um guru astral como esse nunca está completamente desligado da realidade. Ele compreende que o crescimento espiritual da humanidade é uma ameaça para ele e tentará impedir que isso aconteça, enviando informações para a Terra que fortaleçam o medo e a dualidade aqui. Estas informações são transmitidas sob a forma de canalizações, por exemplo.

Como essas entidades geralmente possuem uma percepção sofisticada e conhecimento sobre a natureza humana, na maior parte das vezes é difícil reconhecê-las como impuras. Além do mais, as próprias entidades normalmente acreditam na precisão das suas informações.

A capacidade humana para se auto-iludir é maior ainda no plano astral do que na Terra. 

Na Terra há uma constante confrontação com vozes discordantes e com os fatos, mas isto dificilmente acontece no plano astral; lá cada mudança de crença tem que vir de dentro do próprio indivíduo.


COMO SE RECONHECE QUE UMA INFORMAÇÃO É IMPURA?

Informação pura vem do plano da alma, o plano espiritual, o plano da unidade, do amor, da liberdade e respeito por tudo que vive. A informação pura toca os nossos corações, ao nos dar imediatamente uma sensação de paz, amor e sabedoria.

Ela nos faz sentir bem em relação ao universo em que vivemos; e nos oferece uma sensação de confiança em nós mesmos. A informação pura nos leva à verdadeira compreensão de quem nós somos.

O propósito da informação impura é sempre frustrar o desenvolvimento espiritual da humanidade e fortalecer o plano astral, criando novas ilusões e medos.

A informação impura tem as seguintes características:

- A informação impura proclama a dualidade: “Isto é ruim, isto é bom; aquelas pessoas estão erradas; existem conspirações contra a humanidade; haverá desastres”, etc…

Por que essa informação está sendo divulgada? O Plano Espiritual é um plano de unidade; por trás de toda expressão do Espírito que vemos fora de nós mesmos, existe uma essência de unicidade que todos compartilham. Iluminação significa estar completamente consciente dessa unidade.

Pensar com base na dualidade – seja o que for a dualidade – mantém o ser humano afastado da sua unidade, afastado da sua Luz interior.

- A informação impura exerce coerção e pressão: “Você tem que fazer isto ou aquilo para ser puro; certifique-se de que está pronto para as mudanças que ocorrerão; você deve se trabalhar muito, senão as coisas darão muito errado para você,” etc…

Por que isso está sendo afirmado? A alma o conecta com a unidade, com o Todo. Para entrar em contato consigo mesmo, você precisa aprender a ouvir sua alma. Isto só pode acontecer em liberdade. A voz da alma é uma voz gentil, não coerciva. Toda pressão e coerção mantém o ser humano afastado da alma.

- Informação impura traz à tona o medo: “Desastres estão prestes a acontecer; você deve se juntar a nós, senão as coisas irão mal; cuidado com isto ou aquilo”, etc…

A voz da alma é uma voz de amor, não de medo. Incentivar as pessoas a ouvir a voz do medo faz com que elas se afastem de seus centros.

- A informação impura não é focalizada no aqui e agora: Mencionam-se datas específicas de eventos futuros, ou conta-se a enésima história cósmica da humanidade. Com frequência, estas são muito interessantes, entretanto nada fica claro sobre a vida aqui e agora.

O desenvolvimento espiritual sempre se dá no agora. Ao se levar uma pessoa para fora da sua consciência do agora, dificulta-se seu desenvolvimento espiritual.

- A informação impura faz você se sentir mal a respeito de si mesmo: Se você não concordar com o texto, fica implícito que você é estúpido e ingênuo, ou egoísta e ainda não iluminado.

Quando o ser humano acredita que isto é verdade, tem menos confiança em sua própria intuição e orientação interior. Isto também impede seu desenvolvimento espiritual natural.

- Os informantes impuros proclamam que eles são o único canal verdadeiro e o mais puro: Insinuam que têm acesso privilegiado a informações que só podem ser recebidas através deles.

No momento em que você quer fazer as pessoas acreditarem que existe uma autoridade espiritual fora delas mesmas que sabe melhor, você está negando a própria Luz dessas pessoas.




FINALMENTE

Canalizar é um talento como outros: pintar, escrever, talento musical, etc… O dom da canalização não torna ninguém uma pessoa melhor… não mais do que outros dons o fazem. Inclusive, as pessoas que estão canalizando não são autoridades em assuntos espirituais ou éticos.

No seu artigo “O que é Canalização?”, Pamela Kribbe escreve: “O que é decisivo para o valor de um texto canalizado é a riqueza do seu conteúdo, a clareza e o amor que ele expressa. O que é dado como fonte da canalização é de importância secundária. Além disso, mensagens canalizadas são recebidas por seres humanos e, assim, são sempre coloridas pelas experiências pessoais e a estrutura conceitual daquele que transmite a informação.”

(Esta citação é de um artigo em Holandês. Para ler um artigo em Português sobre canalização, veja “Quem somos nós”, em www.jeshua.net/por, no final da “Biografia de Pamela”).

Pessoalmente, penso que cada um deveria ler uma mensagem canalizada como ouve uma música no rádio; se ela toca seu coração e você se sente elevado por ela; aproveite-a. Senão, sintonize outra estação.

© Gerrit Gielen

http://despertardegaia.blogspot.com/

...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou do post ? Comente !

O visitante tem liberdade para se expressar sobre os temas ou assuntos publicados neste Blog, porém não serão aceitos:

1. Comentários considerados difamatórios e ofensivos, contendo linguagem imprópria e deselegante;

2. Comentários que, por sua publicação repetitiva, tenham a intenção de “boicotar” o tema em foco;

3. Comentários referentes a artigos reproduzidos de outras fontes e direcionados aos autores, bem como não serão reencaminhados à fonte original, sempre citada no blog.

4. Comentários contendo Links promocionais de sites ou blogs. E-mails pessoais, telefones de contato.

5. Comentários Anônimos.

Tentarei responder seu comentário mediante disponibilidade de tempo.

Obrigado ! Paz e Luz em Gaia

...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

♥ Postagens Recentes

♥ Postagens Populares

Comentários Recentes


X Files - Maravilhoso e Atemporal - Assista, clique:

Alienígenas do Passado - Todas Temporadas Assista, clique: